Moradores de Higienópolis começam a testar ‘botão de pânico’

Folha de São Paulo, 3/10/2013

ANDRÉ CARAMANTE
DE SÃO PAULO

Moradores, trabalhadores e policiais militares de Higienópolis, bairro nobre na região central de São Paulo, começam a testar, hoje, uma rede digital para a comunicação de crimes e outros problemas.

O sistema, uma espécie de “botão de pânico”, terá como base um aplicativo para smartphones. Ele agrega usuários previamente cadastrados por meio de endereço, e-mail e número de celular.

No caso de Higienópolis, o aplicativo será usado, inicialmente, para conectar um grupo de moradores, porteiros de edifícios, taxistas, funcionários de escolas, o dono de uma banca de jornal e policiais que fazem o patrulhamento da área.

Por iniciativa do Movimento Brasil Merece Mais, formado por cerca de 300 integrantes, 14 celulares serão doados a porteiros, taxistas e escolas, todos já cadastrados no aplicativo gratuito Agentto. Outros dois telefones, também ligados à rede, ficarão com os PMs.

O app tem funções de alerta e de pânico. Ao acioná-lo, o usuário envia uma mensagem direta a todos os cadastrados no grupo do qual faz parte.

Na opção “problemas públicos”, no modo “alerta”, por exemplo, é possível divulgar avisos sobre alagamento, foco de incêndio, vazamento de água ou esgoto, risco de explosão, entre outros.
Há também uma opção polêmica: “andarilho ou pedinte”, que não representam um problema policial.

A função “suspeita” prevê mensagens sobre sequestro, roubo ou furto, tráfico de drogas, outros crimes e até mesmo bullying.

Segundo o empresário Joe Diwan, 45, morador da rua Bahia e representante do Movimento Brasil Merece Mais, o funcionamento da rede digital de segurança do bairro foi autorizada pela Secretaria da Segurança Pública.

A pasta analisará possíveis resultados no policiamento para expandir o programa para todo o bairro.

Inicialmente, os aparelhos com o aplicativo estarão com moradores e trabalhadores da avenida Higienópolis, uma das principais vias da região.

Outra rede de segurança por meio do mesmo aplicativo também vem sendo usada por moradores do Morumbi, bairro nobre na zona oeste, desde maio.

Editoria de Arte/Folhapress
Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s