Estado atual das obras da Ciclovia da Pedroso/Fonseca Rodrigues

SAAP, 04/09/2014

 

Cicloativistas de São Paulo, incluindo representantes da SAAP e do coletivo Ciclovia da Pedroso, reuniram-se na semana passada com os responsáveis pelas obras da Ciclovia da Pedroso/Fonseca Rodrigues a fim de conhecer o projeto executivo e entender seu cronograma de execução.

É importante lembrar que o que chamamos de “Ciclovia da Pedroso/Fonseca Rodrigues” é na realidade apenas uma parte de uma grande obra cicloviária prevista pela Operação Urbana Faria Lima, desde 1994, que vai da Av. Gastão Vidigal até o Shopping Morumbi, passando pelo Ibirapuera e o Parque do Povo, e que se estenderá ainda para a Av. Dr. Chucri Zaidan até a Av. João Dias. O projeto é enorme, e um  histórico pode ser visto aqui no blog da SAAP.

Imagem:Reprodução/SPUrbanismo

 

Na reunião focamos a discussão apenas nos três primeiros trechos: Gastão Vidigal, Fonseca Rodrigues/Pedroso e Faria Lima.

Trecho 1 – Av. Gastão Vidigal – da rua Mergenthaler até a Av. Queiroz Filho.

A construção do trecho já foi concluída e a ciclovia já recebeu a pigmentação vermelha e a sinalização horizontal e vertical.

Falta a CET colocar os semáforos para bicicletas e a Ilume instalar os postes de iluminação – o que deve acontecer nas próximas semanas.

A partir da praça Apecatu está prevista uma ramificação para a estação Villa-Lobos/Jaguaré da CPTM, que tem bicicletário com 233 vagas. A via para ciclistas será colocada sobre a calçada do lado ímpar da Av. Queiroz Filho (junto ao parque), e será compartilhada com pedestres.

 

Trecho 2 – Av. Fonseca Rodrigues/Pedroso de Morais – da praça Apecatu até a Av. Faria Lima

As obras foram iniciadas em julho e a conclusão está prevista para dezembro. Nesse trecho, serão feitas várias intervenções no traçado assim como na geometria de algumas rotatórias,  além de rebaixamento de guias e colocação de faixas de travessia, para que fique mais adequado para ciclistas e motoristas. A iluminação está prevista ao longo de todo o trecho com postes mais baixos, assim como sinalização, seguindo o mesmo padrão que o trecho pronto da Av. Faria Lima.

Paralelo à estrutura atual está sendo construído um passeio mais estreito. Ele servirá num primeiro momento como ciclovia provisória (enquanto a ciclovia estiver interditada para as obras). Quando a ciclovia definitiva for liberada, esse novo passeio ficará para os pedestres.

Três ramificações estão previstas nesse trecho e serão executadas no mesmo período:

1)      Na Av. Arruda Botelho, até a marginal, passando pelo canteiro central. Todo o cuidado está sendo tomado para que não haja cortes de árvores. Essa ramificação servirá a área mais densamente povoada do bairro, assim como sua maior escola.

2)      Ligação com a estação Cidade Universitária da CPTM (que tem um bicicletário com 60 vagas). O trajeto exato ainda não está definido – o mais provável é que seja pelo canteiro central da Av. Prof. Manuel José Chaves.

3)      Na Av. Prof. Herman Júnior, até a marginal, pelo canteiro central. Esse trecho servirá a Cetesb, a Subprefeitura de Pinheiros e a unidade Pinheiros da CET, além de moradores da região.

ciclovia 2014-08
Foto: SAAP

 

Trecho 3 – Av. Faria Lima – da Av. Pedroso de Morais até a rua dos Pinheiros

As obras desse trecho só serão iniciadas em 2015. Será necessário refazer todo o traçado do canteiro central na parte entre a Pedroso e o Largo da Batata. Como os outros trechos, toda a sinalização, incluindo semáforos, e a iluminação serão feitos no mesmo padrão que o trecho já inaugurado da av. Faria Lima.

 

Uma questão que ficou em aberto foi a da sinalização indicativa para ciclistas. A CET ainda não tem um modelo para esse tipo de sinalização e, portanto, ela não está prevista na obra. Mas acreditamos que isso seja essencial para a localização e até segurança do ciclista, assim como de pedestres. Placas indicando a direção, qual sentido tomar para ir a um lugar, onde é  o melhor lugar para atravessar, etc. ajudam a regular o trânsito de veículos motorizados, bicicletas e pedestres. Nos comprometemos, a enviar propostas para a CET nesse sentido.

Também pedimos para os engenheiros que tomem todo o cuidado possível no canteiro de obras no sentido de não machucar as árvores, evitando despejar entulhos e material de construção junto a elas.

Anúncios

4 comentários em “Estado atual das obras da Ciclovia da Pedroso/Fonseca Rodrigues

  1. Passo todos os dias de bicicleta por esses trechos. A obra estava a todo vapor! Depois das eleições de domingo dia 26, os trabalhadores desapareceram….está tudo abandonado, obra paralisada. isso é Brasil!!!

  2. Vão acabar com as vagas de 45 graus da Rua Mergenthaler usada diariamente por funcionários dos Correios e do Colégio Vera Cruz, alunos da UMC e visitantes do Condomínio Plaza Mayor (350 apartamentos) para mais uma faixa vermelha denominada “ciclovia” pelo nosso prefeito. Os prejudicados foram ouvidos? Porque não interligam a ciclovia com a Rua Hassib Mofarrej que tem menor demanda de vagas e menor fluxo de veículos e caminhões expondo os ciclistas a um risco menor? Respondo: Teriam que encarar as favelas montadas em plena calçada e consertar o asfalto em estado lastimável. Soluções fáceis, baratas (????) e burras da prefeitura de SP. lastimável.!!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s