SAAP em ação: agosto e setembro de 2014

22/09/2014

A SAAP realiza um trabalho permanente de zeladoria e preservação da qualidade de vida do bairro.

  • Durante o mês de agosto a SAAP foi acionada pelos moradores da rua Boquim para apoiar a averiguação de uma intimação feita pela Subprefeitura responsabilizando-os pelo fechamento dessa rua. O mesmo ocorreu com os moradores das outras três ruas que terminam na praça São Gonçalo. O fechamento das ruas ocorreram na década de 1980, realizado pela próprio município e a CET, em decorrência aos altos índices de acidentes no cruzamento. A SAAP através da nossa diretora jurídica orientou aos moradores sobre como responder a prefeitura, e o processo está sendo bem encaminhado.
  • O maior problema no momento está sendo o futuro Hospital de Trauma que será instalado no antigo Hospital Panamericano. Estamos tentando falar com a equipe da Secretaria de Saúde estadual que coordena o projeto para entender os detalhes e prazos.

Além disso, nas últimas semanas temos trabalhado muito nas seguintes questões recorrentes no Alto dos Pinheiros.

  • Casas sendo alugadas para filmagens, causando  transtorno para os demais residentes da rua.
  • Obras em desacordo com as leis de uso e ocupação do solo, como é o caso da construção na  Av. São Gualter, cujo elevador chegando ao ático contraria a regulamentação local.
  • Clube Anhembi promovendo festa, pelo sétimo ano seguido, sem alvará em salão sem tratamento acústico.
  • Casa abandonada na Av. Pedroso de Morais recebendo festas pagas em vários finais de semana, incomodando os moradores dos arredores.
  • A associação mantém contato permanente com a Subprefeitura para pedir e cobrar serviços de zeladoria, tais coleta de lixo, iluminação da rua, poda de árvores, etc.

Para todos estes acontecimentos temos enviado oficios para a Subprefeitura pedindo providências através da nossa diretoria jurídica. Em muitos casos os infratores têm recebido multas e notificações.

No que se refere à segurança, temos conseguido que o sargento e o tenente da Força Tática e da Rocam patrulhem as áreas mais problemáticas do bairro, como as praças à noite, com frequência rotineira.

Foram feitos 27 SAC por uso e obras irregulares, desde o inicio do ano

uso irregular

 

Foram feitas 58 requisições durante o ano de 2014 até o momento. Destas, 28 tiveram encaminhamentos registrados e resoluções.

zeladoria

 

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s