SAAP se une à Ciclocidade para garantir uma ciclovia de qualidade em 2015

Alto de Pinheiros, maio de 2015

Desde março deste ano a SAAP se uniu à Ciclocidade, a Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, para agregar forças com o objetivo de garantir que até o fim de 2015 a “Ciclovia da Pedroso” seja concluída — com a mesma qualidade que o trecho da Faria Lima, perto do Iguatemi.

A SAAP acredita que essa ciclovia, prevista há 21 anos, será uma grande adição para o bairro, pois tem uma característica muito especial: trata-se de uma infraestrutura quase inteiramente construída em canteiro central, segregada da via, e contando com iluminação e semáforos próprios. Um espaço seguro e agradável para quem quer optar pelo transporte por bicicleta, ou apenas aproveitar a pedalada para o lazer.

Vale lembrar que o que chamamos de “Ciclovia da Pedroso” é na realidade apenas um trecho que uma longa ciclovia que deve ligar o Ceagesp ao Shopping Morumbi e ao Parque do Ibirapuera, com mais de 18 km de extensão, sem contar os diversos ramais. Esses vão conectar a ciclovia a estações de trem, metrô, parques, equipamentos públicos e áreas residenciais do bairro. É o caso das avenidas Arruda Botelho, Prof. Manoel Chaves, Prof. Hermann Jr, entre outras, que estão ganhando ciclovias também.

Sua história e planejamento data de pelo menos 1994, quando foi determinada sua execução como exigência técnica para a licença ambiental da Operação Faria Lima. Um dos trabalhos conjuntos da SAAP com a Ciclocidade foi documentar esse histórico, e todos as etapas de planejamento, processos administrativos e trechos realizados até hoje.

Segue um breve resumo do estado atuais das obras:

  • Trecho 1 – av. Gastão Vidigal: completo, faltando iluminação
  • Trecho 2 – av. Fonseca Rodrigues e Pedroso de Morais: paralisado pelo TCM em 2014 (que questiona a maneira como o piso está sendo refeito). Os ramais da Arruda Botelho, Prof. Manoel Chaves e Hermann Jr tiveram as obras iniciadas mas também foram paralisados pelo TCM.
  • Trecho 3 – av. Faria Lima (da Pedroso à rua dos Pinheiros): em obras
  • Trecho 4 – av. Faria Lima (da Cidade Jardim à JK): em obras
  • Trecho 5 – av. Faria Lima (da JK à Helio Peregrino): prevista para o 2o semestre. Inclui a conexão com o parque do Povo e a rua Funchal
  • Trecho 6: av. Helio Peregrino (até o parque do Ibirapuera): prevista para o 2o semestre.

Por causa da interrupção das obras pelo TCM, solicitamos à CET e à Subprefeitura de Pinheiros que executassem serviços emergenciais no percurso da av. Pedroso de Morais, em trechos sem sinalização ou rebaixamento de guias, para garantir a segurança de pedestres e ciclistas enquanto esse trecho da avenida não é retomado.

Retorno na rua Mario Guastini. Apesar de ser um passeio muito utilizado por caminhantes, não há faixa de pedestres.

 

A SAAP e a Ciclocidade também se reuniram com a Subprefeita de Pinheiros e com o vereador Police Neto no sentido de acompanhar as etapas do projeto e a qualidade da execução. Participamos de audiências públicas relacionadas a essa ciclovia específica. E estamos sempre conversando com os engenheiros da obras para garantir seu bom andamento, observando em primeiro lugar a segurança de todos, mas também o cuidado com a vegetação e as árvores, e a manutenção do canteiro de obras.

Mais sobre a ciclovia do blog da SAAP

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s