Ruas de Alto dos Pinheiros são mais arborizadas do que cidades do 1º Mundo

Não se trata apenas de uma impressão: Alto dos Pinheiros é mesmo um oásis verde no meio do cinza da cidade. Algumas ruas do bairro chegam a ter quatro vezes mais cobertura verde do que a média do município de São Paulo, segundo pesquisa de um dos mais prestigiados centros acadêmicos do mundo, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). O estudo aponta que essas vias estão à frente também de todas as outras 22 cidades analisadas, mesmo as de países desenvolvidos.

Os resultados foram coletados pelo Laboratório Senseable City, do MIT, que criou a ferramenta Treepedia. Usando imagens do Google Street View, ela calcula a cobertura verde até o nível das ruas.

São Paulo ficou na antepenúltima posição entre 23 municípios pesquisados, com 11,7% de cobetura verde. Mas algumas ruas de Alto dos Pinheiros superam os 40%, como a Padre Larivière (52,6%), da Japiaçoia (41,2%) e da Bennet (40,1%). Entre as que têm mais de 30% Antônio de Gouveia Giudice (35,7%), Alberto Faria (32,7%) e Miralta (30,5%).

Esses índices são superiores àqueles encontrados entre as três primeiras cidades do ranking: Cingapura (29,3%), na Ásia , Vancouver (25,9%), no Canadá, e Sidney (25,9%), na Austrália.

Preservação

Como explica uma matéria do jornal O Estado de S.Paulo sobre o estudo, as áreas menos arborizadas criam ilhas de calor que podem gerer temperaturas de 3°C a 4°C mais altas que às daquelas com mais árvores.

“A arborização urbana aparece como umas das principais estratégias para amenizar ao máximo um aquecimento médio acima de 1,5°C, que podemos sentir já a partir de 2030. Árvores serão o guarda-chuva verde que vai proteger as pessoas”, diz na reportagem o biólogo Marcos Buckeridge, da USP, que compõe o grupo do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

Isso só ressalta a necessidade de os moradores de Alto dos Pinheiros lutarem pela preservação das áreas verdes do bairro, compromisso que está entre as prioridades da SAAP. O que temos visto nos últimos tempos, no entanto, é uma sucessão de quedas de árvores malcuidadas, e a retirada, pela prefeitura, de outras que estavam na iminência de cair.

Assim, precisamos fazer nossa parte para mitigar a perda da cobertura verde no bairro, plantando árvores em lugares novos e onde elas tenham sido retiradas, desde que sejam seguidas algumas regras.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s